Home / Clonagem de cannabis. Clonar passo a passo.

Clonagem de cannabis. Clonar passo a passo.

O que é clonagem de cannabis?

A clonagem é o procedimento através do qual se realiza a reprodução assexuada de uma planta de cannabis madura conservando exatamente as características genéticas da planta mãe.
Dito de outra maneira, é uma técnica para produzir cópias exatas de uma determinada variedade de maconha que você deseja conservar por várias gerações com todas as particularidades que a fazem tão importante para você.
A nova planta não é outra coisa que um pedaço cortado da sua planta e posto a crescer separadamente.
Nesta página explicaremos como fazer um clone de cannabis passo a passo para todos aqueles que querem cultivar maconha sem precisar comprar sementes.

Quais as vantagens de fazer clones de cannabis?

  • Como dissemos anteriormente, a principal vantagem é a de conservar as características de uma determinada variedade à qual você deseja ter sempre acesso sem precisar comprar sementes.
  • O clone é uma cópia de uma planta madura, que já estava no período vegetativo, assim você não precisa esperar muito tempo para colocá-la na fase de floração. De fato, assim que a pequena muda estiver forte, se mudar o fotoperíodo para 12/12 ela imediatamente irá começar a florir.
  • Você pode fazer quantos clones desejar de uma única vez e eles irão crescer na mesma velocidade.
  • Se você está clonando uma planta fêmea, todos os clones serão fêmeas.
  • Como o clone é uma cópia exata da planta mãe você pode fazer dele também uma planta mãe e ter aquele strain por tempo praticamente ilimitado.
  • O Custo é quase “0”.

Como desvantagens temos:

  • Os clones são muito mais suscetíveis a pragas e stress por calor, umidade ou nutrientes.
  • Precisaremos pelo menos duas áreas de cultivo, uma para as plantas que já estão para entrar na fase de floração e outra para o crescimento (vegetativo) dos clones.
  • Se ainda não temos certeza de se retiramos os clones de uma planta fêmea ou de uma variedade que não conhecemos, podemos ter nosso trabalho perdido.

Como fazer um clone de cannabis passo a passo.

O que precisamos?

  • Uma planta mãe do strain que você quer conservar.
  • Um substrato inerte e que fique soltinho, que não aglomere demais ou aqueles jiffys prontos de lã de rocha ou turfa.
  • Recipientes pequenos e que facilitem o transplante.
  • Uma tesoura de podar ou qualquer lâmina de corte bem afiada.
  • Hormônio enraizador em gel ou pó.
  • Lâmpada fluorescente de baixa intensidade, CFL, LED ou de outro tipo.
  • Um ou vários recipientes transparentes para reter a umidade ambiente.

Utilize o mouse ou o dedo para controle do slideshow.

Em primeiro lugar preparamos o substrato, que pode ser uma mistura de turfa, perlita e vermiculita, ou então perlita, vermiculita e fibra de coco. O importante é escolher um substrato inerte, que contenha o mínimo possível de micro-organismos. Em realidade há cultivadores que colocam o galhinho em um copo com água da torneira e obtém bons resultados… mas nós não queremos arriscar, não é?
Existem também substratos prontos à venda nas grows, de lã de rocha, gel, etc.

Depois vamos preparar os recipientes que irão receber as mudas colocando neles o substrato. O ideal é que o recipiente seja transparente para podermos verificar se as raízes estão crescendo adequadamente e que possa ser coberto com plástico ou outro recipiente para que a parte inferior fique protegida da luz.
Faça alguns furos na parte inferior para escoar o excesso de água.

Clone mostrando nós.Logo em seguida devemos selecionar um galho com pelo menos três nós e mais de 10cm de comprimento, preferivelmente aqueles que estejam bem desenvolvidos mas não lenhosos.

Com a lâmina afiada que escolhemos vamos fazer um corte em 45° próximo ao tronco da planta, mas não rente para não correr o risco de machucá-la ou facilitar uma possível contaminação.

Imediatamente passamos o extremo do corte pelo gel enraizador até aproximadamente 1cm do galho cuidando de que isto seja feito o mais rapidamente possível para evitar que entre ar no caule.
Deixamos secar um pouco o gel para evitar que se desprenda ao inseri-lo no substrato.

Agora vamos fazer uma espécie de manicure, cortando as folhas da baixo para cima e deixando apenas duas ou três, às quais, se forem muito grandes, podemos cortar as pontas.
Estas folhas são muito importantes já que, como a plantinha ainda não tem raízes, irá tirar todos os elementos necessários para sua sobrevivência através delas.

Fazemos então um pequeno furo de uns 2cm de profundidade no substrato já úmido com um espetinho ou similar e colocamos o galho.
Não coloque mais de um galho em cada recipiente pois as raízes podem se enredar e romper quando do transplante.
Apertamos um pouco ao redor para firmar o clone y está pronto.

Agora iremos colocar os recipientes com as mudas dentro do espaço que destinamos a seu crescimento.
O mesmo deve ser um recipiente com tampa transparente, como aqueles utilizados para proteger tortas ou então as garrafas PET de 5lt de água com a base cortada.
O que nos interessa é que permitam a passagem da luz mantendo, ao mesmo tempo, a umidade na parte interna. Pode ser interessante fazer uns pequenos furos pelos quais o ar possa ser renovado.

Desenvolvimento das raízes

Durante a primeira semana a umidade relativa deve ser de quase 100% pelo qual é importante deixar um recipiente com água dentro da nossa estufa ou então pulverizar pelo menos uma vez por dia com água limpa.

Durante este período a iluminação não precisa ser intensa, uma lâmpada fluorescente de 10w é suficiente.

A temperatura deve ser mantida entre 20° e 25°.

Em poucos dias, ao retirar a proteção preta, você podera ver as raízes que estão se desenvolvendo.
O seu clone está pronto para o transplante!

Dicas para clones fortes e saudáveis.

  • Esterilize sempre os utensílios que for utilizar. É bom também que o local onde os clones irão ficar esteja perfeitamente limpo e desinfetado. Isso pode ser feito com água sanitária (hipoclorito de sódio, Qboa, etc).
  • Para uma melhor taxa de sucesso utilize gel ou pó enraizador e escolha galhos bonitos e bem desenvolvidos.
  • Os melhores galhos para enraizar rapidamente são os que estão do meio para baixo da planta.
    De qualquer maneira é preferível não utilizar os bem de baixo nem os bem de cima.
  • Prepare mais clones do que você projeta cultivar. Sempre vai haver alguma perda e, além disso, lhe permitirá escolher os melhores e descartar os mais fracos.
  • Mantenha uma identificação da variedade em cada recipiente e, se possível, faça um registro diário da evolução. Isto facilitará futuros cultivos.
O que é clonagem de cannabis? A clonagem é o procedimento através do qual se realiza a reprodução assexuada de uma planta de cannabis madura conservando exatamente as características genéticas da planta mãe. Dito de outra maneira, é uma técnica para produzir cópias exatas de uma determinada variedade de maconha que você deseja conservar por várias gerações com todas as particularidades que a fazem tão importante para você. A nova planta não é outra coisa que um pedaço cortado da sua planta e posto a crescer separadamente. Nesta página explicaremos como fazer um clone de cannabis passo a passo para…

Achou útil? Avalie!

User Rating: 4.53 ( 6 votes)
error: Content is protected !!