Home / Pages / Como fazer um minhocário. Fertilizante orgânico para cannabis.
Como fazer um minhocário.

Como fazer um minhocário. Fertilizante orgânico para cannabis.

Fertilizante orgânico vs fertilizante mineral.

Embora, em tese, para uma planta não há diferença entre absorver digamos, potássio, de um fertilizante mineral ou de um fertilizante orgânico como húmus de minhoca, ganha cada vez mais adeptos a fertilização feita através de estes últimos.
As razões podem ser diversas mas, do ponto de vista, mais uma vez, da planta, um fertilizante produzido pela decomposição de restos vegetais por minhocas possui uma maior riqueza de nutrientes que um NPK (Nitrogênio, Fósforo, Potássio) mineral que tem em sua composição apenas estes elementos.
Quando você fertiliza, por exemplo, com o chorume diluído produzido por um minhocário está incluindo, além de NPK, magnésio, cálcio, enxofre, manganês, cobre, zinco e outros macro e micronutrientes sem esquecer uma ampla gama de micro-organismos como fungos e bactérias e também hormônios e enzimas, todos importantes para a absorção dos nutrientes.
É possível, inclusive, produzir húmus com características que favoreçam a planta em seus estágios específicos: vegetativo ou floração, fornecendo a suas minhocas restos de alimentos ricos nos nutrientes necessários para cada uma dessas fases.
Por exemplo, quando suas plantas de cannabis estiverem no período vegetativo, elas irão precisar fundamentalmente de nitrogênio, a decomposição da borra de café produz grandes quantidades deste elemento, e as minhocas adoram!
Na fase de floração, fósforo e potássio são os elementos mais importantes, assim é interessante alimentar suas minhocas com cascas de banana, ricas em potássio e ossos de peixe moídos, abundantes em fósforo.
Sem dúvida outro importante argumento para produzir húmus de minhoca você mesmo é o aproveitamento desses restos de alimentos que, do contrário, vão parar nos lixões contaminando o solo. Também aproveitaremos as garrafas PET de água, outro poluente da natureza.

Como se faz um minhocário?

Inicialmente selecionaremos três garrafas de água PET de 5lt.
As melhores são as cilíndricas com um design mais reto, simples, que encaixam melhor umas nas outras.
Cortamos uma delas em três partes mais ou menos iguais. A base será o recipiente que irá receber o chorume, a parte de cima será a tampa e a parte central descartamos (no lixo seco).
As outras duas garrafas cortaremos ao meio. Vamos utilizar apenas as duas partes de baixo e descartamos as duas partes de cima.
Com um prego quente de uns três milímetros de diâmetro vamos fazer vários furos nestes dois recipientes, pelos quais as minhocas poderão se deslocar dentro dos compartimentos.
Com um prego menor, de um milímetro ou 1,5mm no máximo, vamos fazer uns furos laterais para favorecer a ventilação.
Com esse mesmo prego fazemos vários furos também na parte de cima, que reservamos para tampa do minhocário. Esses furos não podem ter mais de 1,5mm para evitar que as minhocas fujam por eles.
Agora vamos colocar um pouco de terra e húmus com nossas minhocas em cada um dos recipientes – menos no reservatório do chorume – e, por cima, colocamos restos de cascas de maçã, banana, alfaces, etc. e cobrimos tudo com folhas secas.
Montamos finalmente o nosso minhocário que, daqui a um par de semanas já estará produzindo um excelente húmus e o líquido acumulado no reservatório inferior que é também um fertilizante de primeira qualidade.

Veja e acompanhe o nosso tutorial no TouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!