Home / Como formatar seu cultivo indoor

Como formatar seu cultivo indoor

Cultivar sua própria maconha dentro da sua casa ou apartamento não é um empreendimento tão barato assim e, com a legislação brasileira, que ainda “não entendeu” os enormes benefícios que essa prática pode trazer para a sociedade como um todo, entranha alguns riscos.

Mas acredito que valha a pena ter um produto de boa qualidade, que reduz significativamente os riscos à saúde e que faz com que o cultivador não precise mais do traficante.

O cultivador iniciante deve levar em conta que antes de colocar a sementinha na terra é necessário ter o local pronto pois alterações frequentes no ambiente, que seriam o resultado do improviso, vão estressar a planta podendo até comprometer o resultado final.

Hoje existem kits completos que economizam muito esforço, mas o custo é relativamente alto.

É possível começar em um armário, em um box de banheiro que não esteja sendo utilizado ou em qualquer outro local que possa ser fechado para não entrar luz e que tenha algum tipo de ventilação.

O que é necessário para cultivar maconha indoor?

O novel cultivador vai precisar de:

Iluminação: depende do tamanho do local escolhido e da quantidade de plantas que se pretende cultivar, mas digamos que, para começar, quisermos entre duas e quatro plantas, que irão utilizar aproximadamente uma área de 1m².

Precisaremos então uma lâmpada de vapor metálico de 250w, um soquete 40 e um suporte. É interessante colocar um refletor de alumínio que, em geral, já vem pronto para colocar na parte de cima da sua grow, com o suporte e o soquete.
Esse tipo de lâmpada utiliza um reator que deve ser da mesma potência (ou mais, nunca menos) que a lâmpada… no caso um reator de 250w.
Veja aqui mais informação sobre lâmpadas para cultivo indoor.

Um temporizador ou timer para ligar e desligar a luz em tempos predeterminados. Pode ser analógico ou digital, tanto faz.

O interior da área destinada ao cultivo deverá estar revestida de algum material refletivo, pode ser folha de alumínio – daquelas de cozinha – filme refletivo Mylar ou qualquer outro tipo de película refletiva.
Só não pode ser um espelho ou algum tipo de material em que a reflexão crie hot spots. É importante que a reflexão da luz seja difusa.

Também será importante comprar um exaustor de ar, quanto mais poderoso melhor, mas um exaustor de banheiro, de 15cm de diâmetro já ajuda muito. Duto de ventilação flexível, com abraçadeira, preferivelmente um para entrada de ar e outro para saída e um ventilador de qualquer tipo.

Para controle do ambiente e do substrato precisaremos também de um termômetro, um medidor de ph e um higrômetro. Tem alguns que incluem as três funções e não são ruins, mas é preferível que essas variáveis possam ter medidores independentes.

E, claro, fio elétrico, plugs macho e fêmea, fita isolante e conectores e vasos, bandejas, o substrato e o tipo de fertilizante apropriado para cada fase do processo todo.

Veja aqui um check-list com tudo que é necessário para montar um grow caseiro.

Uma vez todo instalado e funcionando é hora de colocar as sementes para germinar.

Veja aqui Como germinar sementes de maconha.

Cultivar sua própria maconha dentro da sua casa ou apartamento não é um empreendimento tão barato assim e, com a legislação brasileira, que ainda “não entendeu” os enormes benefícios que essa prática pode trazer para a sociedade como um todo, entranha alguns riscos. Mas acredito que valha a pena ter um produto de boa qualidade, que reduz significativamente os riscos à saúde e que faz com que o cultivador não precise mais do traficante. O cultivador iniciante deve levar em conta que antes de colocar a sementinha na terra é necessário ter o local pronto pois alterações frequentes no ambiente,…

Gostou do artigo? Avalie!

User Rating: 4.65 ( 5 votes)
error: Content is protected !!